Mystic Vampires

Fórum para aqueles que amam a Série! Bem Vindo Convidado
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Ficha de Matheus C Daudt

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Matheus C Daudt
Vampire
Vampire
avatar

Mensagens : 2
Pontos : 4234
Data de inscrição : 03/02/2012

TVD Ficha
Tem a pedra Lapis Lazuli?: Não
Arsenal:
Raça:

MensagemAssunto: Ficha de Matheus C Daudt   Sab 4 Fev - 8:25:09

Nome completo:Matheus Cardoso Daudt
Data de nascimento: 23/07/1509
Sexo:masculino
Lugar de origem:ENGLAND(inglaterra)
Idade:503//aparentar ter 17
Ano que se transformou em vampiro: 1527
Quem lhe transformou: jonee valion daudt
Quantas pessoas já matou/transformou: nunca contei os humanos e transformei 11 pessoas,9 destas pessoas eu mesmo matei
Pode andar na luz do dia:sim
Se alimenta de sangue humano ou animal: ambos

APARÊNCIA

Olhos:castanho claro,mas se tivel muito iluminado o ambiente ele parece azul
Cabelo:castanho escuro,a maioria das vezes arrumados e médio,ja pintei de algumas cores
Altura: 1,78
Complemento: (estilo de roupas)pouco musculoso,sou bem dispojado,gosto de roupas inovadas sempre na moda.
Photoplayer: joe jonas

PERSONALIDADE
Sou paciente quando o assunto é mulher,não sou tímido nem um pouco,mas gosto de ficar quieto no silêncio e quando me encomodam nesse silêncio eu só capaz de arrancar a cabeça do infeliz que me pertuba,sou divertido,malicioso,astuto e bem inteligente,claro depois de viver tanto eu tenho que ser néh,sou romãntico e carismático sem esquecer do simpático é só isso quer conhecer mais da minha personalidade venha me conhecer.

HISTÓRIA

1509,o dia do nascimento

Bem
pra contar sobre minha história vocês devem me conhecer bem,desde o começo,quero dizer o começo mesmo,mas exato no dia do meu nascimento.
Começou numa tarde de outono,enquanto as folhas caiam e tudo dava fruto ,uma coisa estava errada,uma coisa que iria mudar o curso de várias vidas,uma coisa que não podia ter acontecido,uma certa vez passará um senhor chamado Jonee Valion Daudt,esse senhor era um simples plebeu,que ajudava seus pais na fazenda pequena que tinham,ele passará e olhava para a garota que sempre passava pela ponte que tinha lá na inglaterra,num certo dia ele a avistou de novo,então resolveu ir ate ela pra saber quem ele sempre olhava,chegou perto meio tímido ainda e perguntou.
-Ei,moça,a shenhorita me daria a honra de me dizer o teu nome,o meu nome é Jonee,encantado com sua shenhoria-,beijou a mão da moça que ele se propusera a conhecer,no mesmo momento que ele beijara a mão da linda senhorita ela o lhou com um olhar paralisante,fazendo assim o pobre jovem achar que podia se relacionar com a dama que estava ali na sua frente,então a jovem dama disse.
-Olá senhor,creio eu que seja um camponês,pois bem,meu nome é Mizdra Elisabeth Volk Hanni Goldstream,encantada em conhece-lo-,ela o olhava com aquela cara de quem queria ficar com o jovem pebleu para sempre,ele então deu o mesmo olhar para a senhorita e,então eles sabiam que iriam ficar junto pra sempre,mas não sabiam nem se daria certo e então resolveram não contar de suas vidas e reconstruir suas próprias vidas com os seu pensamentos,mas dai enm diante eles sempre se encontravam,as vezes na velha ponte perto do lago e as vezes no bosque que tinha perto dali....E eles foram se conhecendo mai e mais até que um certo dia eles estavam passeando pelo bosque quando um cara esquisito com um aspecto tenebroso e uma cara demoníaca tentou atacar a Elisabeth,e ele era muito rápido ,concerteza ela seria atacada,mas o Jonee se jogou em cima do cara antes que ele pudesse chegar em cima da Elisabeth,mas algo estava errado,elisabeth olhava para o Jonee e ele estava sangrando e quando ela olhou mais atentamente o cara que uma hora tentava ataca-la e o Jonee o defende-ra estava agarrado ao pescoço de seu amado,mas ela pegou um tronco que ali tinha e enfiou dentro da pessoa que atacara seu amado,caindo no chão após ser mordido Jonee se sentia estranho mais dizia que estava bem ,então ele foi a sua casa enquanto ela seguia para a sua,passou o dia, e então eles foram se encontrar de novo,mas algo estava errado,durante o encontro eles haviam feito amor,mas ela disse ao Jonee que eles não podiam se encontrar mais,ela disse a ele que ela iria casar com um senhor distinto,o Jonee não aceitou a situação,mas finjiu que havia aceitado,mesmo o seu coração doendo poe saber que sua amada iria se casar ele não podia fazer nada já que era um simples pobre camponês,ela voltou para o seu caminho de casa,mas o Jonee pensou que ela estava usando-o ,então resolveu segui-lá pra saber onde finalmente era sua casa ,ela havia chegado a um castelo que era claro que era de gente nobre,o Jonee entrou no castelo, para sua tristeza o cara que esperava sua amada era o seu suposto esposo,que a beijava constantemente,mas ele olhando a situação resolveu intervir ,ai começa o destino cruel da minha pessoa,o jonne chegou perto do suposto esposo de Elisabeth dando um soco,mas a sua amada puxou o Jonee fazendo-o cair ao chão enquanto o seu suposto esposo deu vários chutes na cara do Jonee, fazendo o Jonee ficar quase incosciente,ele ainda tinha tempo pra falar qualquer coisa ,equanto o sujeito que roubara sua amada puxava uma arma de seu guarda,o Jonee disse a Elisabeth..
-Elisabeth eu vou me vingar de todos vocês,irei faze-la sofrer pouco a pouco-
,o jonee então morre-ra na frente de Elisabeth,mas suas palavras permaneceram no coração dela,passou alguns dias que o Jonee estava morto,e haviam jogado o corpo dele no bosque no qual ele e Elisabeth se encontrava para namorar,mas tinha alguma coisa errada, o corpo do Jonee que estava ali já não estava mais e alguns corpos de pessoas haviam sumido,e o suposto esposo de Elisabeth que agora´era casado realmente com ela estavam preocupados se realmente tinham matado o Jonee ,pois o corpo havia sumido,então resolveram aumentar a segurança na sua grande e vasta propriedade.

1527 O ano da colheita do mau

numa certa noite sombria e chuvosa brandavam raios e trovões de justiça,anos depois era 1527 a jovem Elisabeth ja não estava mais jovem,agora ela era uma senhora e o marido dela também,eles estavam ali no seu grandioso castelo,mas epécifico na sala de estar ,quando de repente um trovão brandava quebrando a janela do castelo fazendo com que o pessoal do castelo ficassem tremendo de medo,e pela mesma janela eis que surgia uma sombra,o esposo de Elisabeth sacou a arma que uma vez matara o Jonee e disparou contra a sombra que aparecia na janela mais a sombra sumia rapidamente e menos que um segundo a sombra apareceu atrás do esposo de Elisabeth e num piscar de olhos a cabeça dele estava arrancada,causando espanto emto dos que ali estavam inclusive no rapáz novo que aparentava ter 17,mas que tinha 18 anos , quando a sombra chegou mais proximo das luzes a Elisabeth se apavorou e de cara disse.
-Como,não pode ser eu vi você morrer,o que é você?-,Elisabeth disse ,com um tremendo espanto ao olhar a terrível pessoa que se escondera atras do manto sombrio da noite,e em fim foi revelado a pessoa tão misteriosa,a sua aparência era idêntico ao Jonee mais seu aspecto era de um demônio enfurecido,sua boca e corpo se cobria de sangue,enquanto o que restava do Jonee ja que sua humanidade não estava presente em seu corpo e nada do que Elisabeth contasse faria com que ele voltasse a ficar sã,então o Jonee avistou o garoto que estava em um canto com muito medo e paralisado,pegou-o pelo colete que ele usava e deu um mata-leão nele,e Elisabeth disse com voz de choro.
-Solte o meu filho, me leve,mais o solte-,quando Elisabeth disse isso algo estranho no Jonee acontecia,ele não sabia se sentia raiva ou se por um momento ele pensasse que o filho de Elisabeth era dele,mas infelizmente seu lado negro falou mais alto,e ele mordeu o garoto que sim poderia ser o seu filho,em seguida o Jonee disse.
-Você irá sofrer,você se esqueceu,ele vai sofrer a mesma maldição que um dia eu sofri por tentar salvar alguem que amei-,disse isso e no mesmo momento sumiu como fumaça dali..Depois de alguns dias o jovem garoto estava entrando na guerra,havia uma guerra ,,mas então o jovem garoto que estava entrando na guerra,estava acertando vários soldados,suas habilidades era imprecionante,mas algo inesperado aconteceu um soldado o acertou um tiro pelas costas,fazendo o jovem garoto cair ao chão e morrer,passara dias e sua mãe preocupada resolveu ir atrás do filho,infelizmente não o achou ,passou mais alguns dias e,la estava o jovem meio acordado,ele então levantou meio assustado,pois não sabia o que estava acontecendo,ja que ele estava morto e do nada ressucitou,de repente ele começou a sentir uma fome voraz que o corrompia todo,ele resolveu voltar pra sua casa ,quer dizer castelo,voltando ao castelo ele observou um cara que provavelmente estava na guerra então chegou perto pra perguntar sobre a guerra e quando ele perguntou o rapáz achou que ele estava maluco,e disse que era o ano de 1527,e então ocorreu o que não deveria o jovem rapáz atacou o cara sem motivo nem razão,parecia mais algo de instinto ou o jovem estava com muita fome,ele ficara morto e depois ressucitou isso,logo depois de ter matado o cara ele tinha que esconder o corpo mais estava paralisado de medo e angústia por te matado uma pessoa inocente,por mais que ja tinha matado pessoas ,elas sempre foram inimigas,ele cheio de medo correu até a seu castelo o mais rápido que pudera só que sem ele perceber sua velocidade aumentou muito ele ficou super rápido e claro,chegou em casa muito mais rápido do que um humano,em seguida,ele falou pros guardas chamarem a mãe dele e logo veio sua mãe chorando,e eles entraram e falaram e o rapáz disse sobre sua velocidade e força e aquele sentimento de tomar todo o sangue das pessoas desse mundo,a mãe dele sabia que era por causa do Jonee e aquela mordida no pescoço não era bom sinal,e ela temia que ele fosse ficar igual ao Jonee ,sem humanidade,então antes dela morrer ela resolveu contar a verdade para que ele soubesse tudo de uma vez só.....
Passaram- se alguns anos,o jovem rapáz ja sbia de toda a verdade e sua mãe Elisabeth estava morta por causa da velhice e ele não estava nem um pouco velho,parecia que ele ainda era jovem..

2000,o dia em que matei meu pai

Ja estava tudo pronto para o jovem rapáz viajar,ele enterrou sua mãe,pegou algumas roupas e pegou também o carro que ele tinha e já era um carro popular não aqueles carros antigos,e foi para algumas cidades perto daonde estava,não achou nenhuma informação sobre seu pai,mas resolveu viajar mais pra longe, foi então pra tennessee,e ali sim tinha vários causos de ataques de animais que é lógico que eu sabia que não era animais, então resolveu passar uns dias por lá esperando alguma movimentação do seu pai,ele sabia que o seu pai estava la algo o incomodava,ele não sabia se era a resença de lobos,mas ele tinha que cuidar de tudo e de todos para que não fosse nada sair errado,e se caso saisse errado teria que destruir metade da cidadee não seria muito dificil ja que o jovem era treinado muito bem,chegava no terceiro dia em tennessee ja não aguentava mais ficar esperando ele agir e de repente o jovem ouvi no rádio que teve outra vítima de animal, correu pra ver,era uma garota,só que dessa vez havia mordida de vampiro só que a garota esta sem a perna e outros membros,penso,penso e penso e em fim o jovem teve uma conclusão, que o pai dele deve tar trabalhando com lobos,ele sabia que ia dar trabalho ,sem saber quantos são seria dificil,,voltou ao carro e descansou ate a noite.
Chegou a noite,o jovem rapáz saiu do carro sendo guiado pelo som estonteante da música ,então ele correu com sua velocidade assustadora e chegou ao local da música ele estava se sentindo um estranho quando olhou para seu lado e,um pouco longe estava um lobo junto ao seu pai,seu semblante mudou completamente seu ódio estava o consumindo e tudo estava apagando,e ele acabou desligando suas emoções,e a trágedia começou a se espalhar,de repente o jovem garoto matou todos os lobos que tinham na quela festa e haviam 4 deles,pegou todos distraidos e arrancou o coração,só não matou o lobo que estava perto do pai dele,deixou o grand final pra depois,primeiro queria se divertir e acabou matando todos os humanos 100 humanos, parecia um demônio assim como o pai ele não sugava o sangue das pessoas ele matava sem piedade mesmo,depois ele correu até o pai dele pra matar,só que o lobo o segurou e tacou no chão,enquanto o Jonee fujia,as coisas pioravam ja que era lua-cheia o lobo começava a sua transformação só que eu não podia ficar ali e deixar ele se transformar então arrancou a cabeça fora ,e foi ao encontro de seu pai para o acerto de contas,viu que o pai não estava se escondendo ,pois o pai dele apareceu atrás dele e deu um empurrão forte nele e disse,-O que você quer comigo -,depois de ele disser isso olhei com um olhar de angústia e pensei que talvez ele não soubesse que eu fosse filho dele,mas em meus pensamentos eu resmunguei falando que a minha humanidade estava voltando,e respondi em seguida ,-Você não sabe que eu sou seu filho?,,quando o jovem rapáz disse que era filho de Jonee ,mas nesse estante ele ficou paralizado e só me abraçou pedindo desculpa por tudo e disse que amou Elisabeth com toda sua alma,ouvindo isso o jovem rapáz logo ficou quieto e depois disse que aceitava as desculpas ja que ele não matou minha mãe e superou a vingança,achava que se superasse a minha vingança ,também seria mito superior a ele,depois disso a minha humanidade estava intacta,mas era fácil perde-la então meu pai decidiu me treinar e aproveitar pra conhecermos melhor,mas daí em diante foi só treinamento ,passei 11 anos treinando com meu pai,tive que ficar com as emoções desligadas pra saber comoera e ele me ensinou a controla-la e também me formei em duas coisas em ciências e em direito,bem a ciência ajudava muito eu podia ajudar outras pessoas com meu sangue e tudo mais ,mas o pior de tudo foi no final do ano de 2011,meu pai me pediu a tarefa mais difici que tive que fazer ,ele pediu para eu mata-lo......Assim eu tiraria o ódio que há dentro de mim,não tive escolha se não mata-lo e assim o fiz,e dai eu fiquei muito quieto ,e resolvi ir pra Mystic Falls ja que era a única cidade mais perto dali e parecia pacata,então fui a MYSTIC FALLS

E se vocês não descobriram quem esta contando essa história, meu nome é MATHEUS CARDOSO DAUDT ,e pra quem acha que é um dom ter imortalidade super força e etc...,estão enganados, a melhor vida é aquela que você não precisa tirar as dos outros,e imortalidade é uma droga você vê todos que amam morrer e ainda ver que não pode fazer nada além de carregar a maldição.

CURIOSIDADES:


*eu tomava verbena direto de uma em uma hora pra ter imunidade a ela,
*eu aprendi todo o tipo de arte marcial, aprendi tudo sobre guerras e eu era um dos melhores atiradores da inglaterra,trenei no exército.
*viajei por quase todo o mundo,descubri várias culturas,uma das coisas que me ajudou a controlar minha sede por sangue foi nas minhas viajens quando cheguei a um templo e ele me ajudou bastante
*estudei bastante ao longo do tempo e ja era bom em falar vários idiomas,e também sabia pilotar as maiorias dos automovéis,alguns deles eu rouba-va.
*durante alguns anos eu deliguei a minha emoção,matando muitas pessoa e alguns transformei,mas logo os cacei como presas para que eu pudesse treinar como se mata um vampiro,isso foi antes de encontrar meu pai.
* fui a mystic falls,não só por que era perto dali onde estava,mas sim fui ate lá,pois o meu pai havia pedido.
*ja matei vários lobisomens em minha vida alguns por que ousaram achar que me ganhariam.
*eu descobri umas histórias sobre o famoso e grandioso Klaus,mas isso foi ha muito tampo atrás,antes de minha mãe morrer.
*hoje em dia eu sou um cara aparentemente normal,que adora caçar vampiro,mas gosta de viver como um humano,ah ja que tenho que carregar uma maldição porque não fazer tudo em grande estilo.
*


Última edição por Matheus C Daudt em Qui 9 Fev - 1:32:03, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Elena Gilbert
Human
Human
avatar

Mensagens : 60
Pontos : 4407
Data de inscrição : 18/01/2012
Idade : 24

TVD Ficha
Tem a pedra Lapis Lazuli?: Não
Arsenal:
Raça: Human

MensagemAssunto: Re: Ficha de Matheus C Daudt   Qua 8 Fev - 16:12:31

Bem melhor assim .-.

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Minha amiga em off ficaria louca vendo seu avatar ¬ ¬
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://mystic-vampires.forumeiros.com
Matheus C Daudt
Vampire
Vampire
avatar

Mensagens : 2
Pontos : 4234
Data de inscrição : 03/02/2012

TVD Ficha
Tem a pedra Lapis Lazuli?: Não
Arsenal:
Raça:

MensagemAssunto: Re: Ficha de Matheus C Daudt   Sab 11 Fev - 22:34:16

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk sério, ~le, "eu se sentindo gato"~ kkkkkkkkkk
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Ficha de Matheus C Daudt   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Ficha de Matheus C Daudt
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Ficha] - Sora D. Pierre
» Ficha - Lord Lucario
» ~ Como Atualizar sua Ficha ~
» [Ficha] Ryujin
» FICHA Aurora

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Mystic Vampires :: Registro do Player :: Fichas :: Fichas de Personagens - Vampiros-
Ir para: