Mystic Vampires

Fórum para aqueles que amam a Série! Bem Vindo Convidado
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Ficha de Personagem - Anne D. Dragon

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Elena Gilbert
Human
Human
avatar

Mensagens : 60
Pontos : 4295
Data de inscrição : 18/01/2012
Idade : 24

TVD Ficha
Tem a pedra Lapis Lazuli?: Não
Arsenal:
Raça: Human

MensagemAssunto: Ficha de Personagem - Anne D. Dragon   Ter 24 Jan - 22:04:48

REPOSTANDO

Nome completo: Annebelle Dominion Dragon
Data de nascimento: 03/11/310
Sexo:Feminino
Lugar de origem:Europa
Idade:1700 anos
Ano que se transformou em vampiro: 330
Quem lhe transformou: Não sabe
Quantas pessoas já matou/transformou: Perdeu a conta de quantas matou e não tranformou nenhuma
Pode andar na luz do dia: Sim
Se alimenta de sangue humano ou animal: Humano

APARÊNCIA

Olhos: Cinzas
Cabelo: Ruivos
Altura: 1,70
Complemento: (estilo de roupas), roupas geralmente escuras
Photoplayer: Dulce Maria

PERSONALIDADE
Anne não é uma pessoa nada previsivel, sabe como se cuidar e não se
importa do que falem dela, ela gosta de roupas escuras e maquiagem forte, mais não é gótica, pois a cor escura que ela usa, não
é algo que diga que ela é gótica.
Adora matar e fazer suas vitimas sofrerem, nunca
transformou ninguém em vampiro, e
por menos que pareça, ela pode ser muito amigável,
quando QUER.

HISTÓRIA

330 -


As coisas naquela época eram incrivelmente diferentes, as garotas vestiam longos vestidos e os homens andavam geralmente de terno. Uma das mulheres que andavam pelas ruas era muito mal encarada, Olhos claros, todos apenas prestavam atenção nela. Dizia-se que ela era um monstro. E que podia se tranformar para acabar com os seus inimigos.
Mas por trás das mascaras colocadas nela... Annebelle era uma pessoa maravilhosa, cheia de vida e com bastande facilidade para fazer amizades. Mas parece que os seus pais não gostavam muito dela, nem ninguém de sua familia.
Um dia, ela decidiu fugir, para o mais longe o possivel. Achava que não faria mal. Além disso ninguém na sua casa sentiria a tua falta mesmo.
Enquanto andava pelas ruas de areia cobertas com possas d'água por causa da chuva. ouviu alguns barulhos, como se algo andasse atrás dela fazendo ruidos. Mas quando se virou... Nada.
Respirou fundo e se voltou para frente. Os seus olhos se encheram de lágrimas. Será que o que fizera era certo?
Poderia até sentir saudades de sua familia.
Mas com força, olhou para frente e continuou andando.
Quando ouviu novamente os estranhos ruidos. Mas desta vez, quando se virou. As ruas cobertas de nevoeiro, se enchergava a forma de um homem. A garota suspirou e disse:
- Por acaso o senhor estás a me seguir?
Não enchergava o seu rosto. Mas o tal não respondeu. Quando com um pequeno movimento ele sumiu de lá.
Estranhou um pouco. Podiam ser apenas ilusões de sua mente, por causa do frio.
Então se virou para continuar andando, quando algo a agarrou.

1800-
"Querido Diario, há quase 1500 anos que vivo, as coisas mudaram, e muito, Eu não sei o que fazer, ainda não consigo sair no sol... Preciso de uma solução e rápido, as outras pessoas não entender como
é ficar trancada em um lugar dia após dia... Sozinha... Mas acho que já me acostumei, Pois é bem melhor ficar sozinha..." - Parou de escrever e se virou para grande janela, onde se via toda cidade, prestou atenção nos passáros, correndo livres para todos os lados. Liberdade, nunca pensava que iria ter isto novamente, depois de quase 1500 anos ela ainda pensava em quem haveria feito aquilo com ela? Que tipo de monstro seria capaz de condenar as outras pessoas a está maldição sem motivo algum? Um lágrima escorreu pelo rosto quase branco de Anne, como era chamada atualmente. Não atoa, ela nunca havia gostado de seu nome, talvez nas épocas antigas ele soava melhor, mas agora é bem estranho.
Passou em seu rosto um pequeno lenço. Colocou a mão em um pequeno raio de sol que passava entre a janela. Seus dedos começaram a queimar e não curavam, como fazia qualquer outro machucado.
Revoltada, se levantou e jogou o seu diario no chão, pisoteando várias lembrancas horriveis de sua vida, cujo não queria lembrar. Rasgava as folhas e as jogava no chão, Aquilo era tudo que havia escrevido em 3 anos apenas... Haviam outros, muitos outros, Que Ela não queria destruir, por isso depois que as folhas acabavam, ela os escondia, em um lugar que não conseguisse lembrar de maneira alguma. Se ela se arrependia? Pode apostar, mas Anne nem sempre controlava sua raiva e seu instinto assassino de uma sugadora de sangue, que continha uma sede insasiavel.


2010 -

"Dean Detroith" é o seu nome. Ele contém o mesmo sobrenome que eu, e Também tem alguns traços familiares, talvez seja filho da minha irmã mais nova... Ele é um Bruxo, Prometeu enfeitiçar um Anel que me permite andar no sol, tomara que seja verdade, não me importa se ele seja da minha
familia, eu o mataria sem piedade alguma..." - Anne se encontrou com ele na floresta, encapuzada tentando se esconder do sol, algumas vezes sua mão escapava e isso lhe causava varias queimaduras.
O lugar era bem calmo, assim como ela gostava. Bem, ela teria marcado o encontro. Na floresta poucos raios de sol escapavam entre as grandes árvores cobertas de frutos maduros.
Ele retirou um anel do bolso e colocou nos raios de sol. Recitando algumas palavras, uma pequena luz saiu do anel. Sim, a magia havia dado certo e enquanto ela usasse o Anel, Ela poderia andar a vontade no sol, como sempre sonhou...

2011 -

"Não paro de pensar na morte de Erick, ela me atormenta, ainda mais depois de perceber que foi Sclow que o matou, E da pior forma o possivel, sem motivo algum... Mas tenho que me concentrar em ouutra coisa, mais vampiros chegaram a cidade e as coisas andam ficando um pouco perigosas por aqui. Conheci Kiana, a garota cujo Dean sempre me falava, E o pior, conheçi Kaylla, as duas são muito parecidas..." -
- Escrevia. Já estava com 1700 anos, sua caligrafia era caprichada como sempre, mas o medo tomava sua concentração, havia acontecido um assassinato na cabana antiga, e pensar que um dia Anne já morará lá... Ainda bem que não nos tempos atuais, não estava nada afim de ser devorada por um monstro... que morte mais trágica, não? enfiam... Ela se tornou um tanto irônica, e orgulhosa, também egoista... Pois não aguentava mais ter que suportar tanta pessão... mesmo assim, podia ser bem amigável, apenas quando quisesse. Pensando que a maior e melhor frase que já disse foi a seguinte:
"Se quiser jogar, jogue sozinho, pois não vou colocar minha existência em risco por causa de um inútil como você..." - E para quem ela disse? Para Dean Detroith, por quem adiquiriu certo ódio, algo assim. Ficou super amiga de Kiana, Ex-namorada de Detroith, era assim que ela o chamava.
De certa forma, ela nunca gostou de Kaylla Linns por ter quase matado "Detroith", Pois Bem lá no fundo ela sabe que ainda tem um tantinho de amizade por ele.
Há quem não conheçe sempre age com agressividade e irônia. Não sendo NADA amigavel. Não gosta de lugares movimentados por ficou toda vida trancafiada e se acostumou com isso...
Seu lugar favorito é a floresta, onde adquiriu dua "liberdade" podendo andar no sol.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://mystic-vampires.forumeiros.com
 
Ficha de Personagem - Anne D. Dragon
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Ficha de Personagem] Hyuuga Nazak
» [Modelo] Ficha de Personagem
» [Nova ficha de personagem - Hideki]
» Ficha de Personagem - Ethel Voz - Leviatã
» Regras para a Criação de sua Ficha de Personagem

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Mystic Vampires :: Registro do Player :: Fichas :: Fichas de Personagens - Original-
Ir para: